Redes Sociais
  Home - Notícias - Newsletters

Newsletters

Cidades inteligentes ao redor do mundo e o seu papel no desenvolvimento da sociedade


Cidades inteligentes já são uma realidade

Você com certeza já ouviu falar nas smart cities ou cidades inteligentes, os centros urbanos planejados com processos eficientes que buscam melhorar o cotidiano e a qualidade de vida de seus moradores. Muitas das ferramentas usadas no desenvolvimento destes locais podem ser utilizadas em nosso dia a dia.

 

Um estudo elaborado recentemente pela ESI ThoughtLab mostra que, para 65% dos líderes municipais – incluindo prefeitos, secretários de planejamento e outros gestores envolvidos na rotina administrativa de uma cidade –, uma das principais lições aprendidas com a pandemia é como atuar para programar cidades inteligentes para o futuro. Além disso, 88% elencam as plataformas em nuvem como requisito mais urgente para a entrega de serviços aos cidadãos.

 

A implantação do 5G, por sua vez, será o grande motor de infraestrutura das cidades inteligentes. Pela tecnologia, a internet é de 20 vezes a 100 vezes mais veloz do que em uma conexão 4G, o tempo de resposta é sensivelmente menor (a comunicação é, praticamente, em tempo real) e há muito mais estabilidade. E a grande questão é que o 5G pode acelerar o desenvolvimento da chamada Internet das Coisas (IoT), em que os equipamentos se comunicam, funcionando de forma autônoma e conectada.

 

Além do 5G, que ainda parece estar longe da nossa realidade, outras ferramentas atuam para tornar as cidades mais conectadas e tecnológicas. Com isso, muitos locais no mundo trabalham no desenvolvimento de cidades ainda mais tecnológicas.

Em Santander, na Espanha, há um sistema que permite a atuação estratégica de equipes de limpeza, por meio de sensores Wi-Fi que indicam quando as lixeiras devem ser esvaziadas, além de sensores que mostram vagas livres para estacionar nas ruas e de ferramentas, em postes de luz, que detectam a presença de pedestres e acendem apenas quando necessário.

Londres, por sua vez, foi declarada a cidade mais inteligente do mundo, de acordo com a sétima edição do IESE Cities in Motion Index 2020. Nova York vem em segundo lugar, seguida por Paris.

 

Preparado pelo Centro de Globalização e Estratégia da IESE Business School, o índice anual analisa o nível de desenvolvimento de 174 cidades mundiais em nove dimensões consideradas essenciais para cidades verdadeiramente inteligentes e sustentáveis. São eles: economia, meio ambiente, governança, capital humano, projeção internacional, mobilidade e transporte, coesão social, tecnologia e planejamento urbano. 

 

A corrida pela implementação de melhorias no dia a dia dos cidadãos ganhou ainda mais força no Oriente Médio, onde, atualmente, se encontram a maioria dos projetos de cidades inteligentes. Um deles é o projeto Neom, em construção na Arábia Saudita, por exemplo, recebeu investimento de US$ 500 bilhões e a intenção é transformar o local no “Vale do Silício” da região. Essa deverá ser a maior cidade inteligente do mundo.

 

Localizada na província de Taruk, Neom abrigará outras 16 cidades inteligentes, entre elas a The Line. O projeto, lançado no início de 2021, prevê uma cidade linear, com extensão de 170 quilômetros, e serviços essenciais a cerca de, no máximo, 20 minutos de distância. Dentro do espaço não haverá nenhum veículo movido à combustão. A cidade contará ainda com uma infraestrutura subterrânea de água, luz, gás e mobilidade, com metrô e hyperloop – cápsulas dentro de tubos de vácuo que transportam passageiros em alta velocidade. Tudo será 100% planejado, operacionalizado e controlado por inteligência artificial.

 

Tanto paras as novas cidades, que estão nascendo sob o título de inteligentes, quanto para as que já estão consolidadas ao redor do mundo, o grande desafio é encontrar formas de adequar os orçamentos públicos aos projetos e, para que isso ocorra, existe a necessidade de uma mobilização da população, dos governantes e da iniciativa privada.

 

 



Retornar
FIABCI-BRASIL - Rua Dr. Bacelar, 1.043 - Mezanino - Vila Mariana - CEP: 04026-002 - São Paulo / SP